CUIABÁ

TRÁFICO DE DROGAS

Quadrilha é presa com mais de 140 kg de drogas na Região Metropolitana

Quatro pessoas que integravam a quadrilha foram presas: 3 mulheres (de 18, 37 e 45 anos) e 1 homem (de 41 anos)

Publicado em

POLÍCIA

Assessoria

Policiais Militares do Grupo de Apoio (GAP) prenderam quatro pessoas, sendo três mulheres (de 18, 37 e 45 anos) e um homem (de 41 anos), por tráfico ilícito de drogas e associação para o tráfico na tarde desta quarta-feira (12.01), em Várzea Grande. Na ação, os policiais apreenderam 143 tabletes de substância análoga à maconha.

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui!

Por volta de 14h30, no bairro Nova Fronteira, a equipe do GAP realizou abordagem a um veículo Hyundai HB20 de cor prata, denunciado por suspeita de fazer distribuição de entorpecentes pela cidade. No veículo estavam três mulheres e em revista ao carro, os policiais localizaram a quantia de 35 tabletes de maconha. Uma das suspeitas afirmou que realizava a venda dos entorpecentes e ganharia o valor de R$ 1.000,00 por tablete vendido.

Ainda em entrevista com as suspeitas, uma das mulheres afirmou que oa quadrilha havia entregue a quantia de 12 tabletes para um homem, no bairro Jardim dos Ipês, em Cuiabá. Os policiais se deslocaram até o local e encontraram os entorpecentes com o suspeito, que informou a equipe sobre um depósito de drogas pertencente as suspeitas.

Leia Também:  Mansão onde Medina e Yasmin viviam está à venda por R$ 8 milhões

Questionadas novamente, as mulheres disseram aos policiais que o depósito estava localizado no bairro Canelas, em Várzea Grande. A equipe do GAP realizou diligências no endereço informado, sendo uma residência sem moradores, onde em um dos quartos foram encontrados mais 96 tabletes de maconha, além de diversos equipamentos utilizados para o tráfico de drogas.

Diante dos fatos, todos os quatro suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados para à Central de Flagrantes, junto com os entorpecentes e todo o material apreendido.

Disque-Denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil recupera objetos furtados de empresa em Sinop avaliados em mais de R$ 10 mil

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens envolvidos em crimes de furto e receptação foram presos em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (27.01), em rápida ação realizada pela equipe de policiais da Central de Flagrantes de Sinop (499 km ao norte de Cuiabá). A ação resultou na recuperação de equipamentos subtraídos de uma empresa de comunicação visual, avaliados em mais de R$ 10 mil.

Os suspeitos, de 49 e 26 anos, foram flagrados em posse dos objetos subtraídos da empresa, sendo um deles autuado em flagrante pelo furto e o outro pelo crime de receptação.

As diligências iniciaram após a vítima registrar o boletim de ocorrência relatando que chegou a empresa e encontrou a porta da frente aberta, tendo vários objetos subtraídos do interior do estabelecimento, como ferramentas elétricas, caixa de som, impressora e outros utensílios.

Imediatamente após a comunicação dos fatos, os policiais da Central de Flagrantes iniciaram as diligências, conseguindo identificar o possível autor do furto. Em diligências, as investigações localizaram o suspeito em posse de uma das ferramentas furtadas da empresa.

Leia Também:  Ação integrada recupera cabeças de gado desviadas em golpes de estelionato contra pecuaristas em Vila Rica

Questionado, ele confessou a autoria do furto e disse que tinha vendido os demais itens furtados para um terceiro. Em continuidade as diligências, os policiais foram até a residência do receptador, onde foram localizados os outros materiais furtados da empresa.

Diante dos fatos, os dois suspeitos foram conduzidos a Central de Flagrantes de Sinop onde após serem interrogados foram autuados pelos respectivos crimes.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA