CUIABÁ

MOTIVO BANAL

Parentes se desentendem em confraternização familiar e sobrinho mata tio com tiros

A vítima tentou correr, porém foi perseguido pelo suspeito e alvejado durante a fuga, vindo a morrer na chão da sala da sua casa

Publicado em

POLÍCIA

Reprodução
Um homem suspeito de matar o próprio tio em uma fazenda na zona rural de Aripuanã foi preso em flagrante pela Polícia Civil, no sábado (18.06), logo após o crime. O suspeito de 30 anos foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pelo motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui no Grupo 1 e no Grupo 2! Participe também do Grupo de Discussão

O crime que vitimou Sandro Regis Marques de Oliveira, de 40 anos, ocorreu na noite de sábado durante uma confraternização na propriedade rural, localizada a 90 quilômetros da cidade, sentido Juína.

Amigos e familiares estavam reunidos no local quando o tio e o sobrinho iniciaram uma discussão por motivos banais. Quando o desentendimento parecia ter chegado ao fim, a vítima virou de costa, saindo do local momento em que suspeito correu para sua casa, pegou uma espingarda e efetuou diversos disparos contra o tio.

Leia Também:  Cônsul alemão tem prisão em flagrante convertida em preventiva

A vítima tentou correr, porém foi perseguido pelo suspeito e alvejado durante a fuga, vindo a morrer na chão da sala da sua casa, em frente aos seus familiares. Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil foi até o local onde realizou a prisão em flagrante do autor do crime.

Ele foi conduzido à Delegacia de Aripuanã e após ser interrogado pelo delegado Flávio Leonardo Santana Silva foi autuado em flagrante pelo crime.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

PM recupera 75 celulares e prende dupla por roubo e cárcere privado

Publicados

em

Foto: Divulgação PM

A Polícia Militar prendeu em flagrante, nesta terça-feira (09), dois homens, de 19 e 31 anos, por roubo e cárcere privado registrados em Rondonópolis. Na ação a PM recuperou 75 celulares, peças de semijoias e a quantia de R$ 1,3 mil. Com os suspeitos também foi apreendida uma arma de fogo com seis munições.

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui no Grupo 1 e no Grupo 2! Participe também do Grupo de Discussão.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 08h a equipe do 5º Batalhão da PM recebeu informações sobre um roubo em um estabelecimento comercial, na região central da cidade. No endereço informado, a PM encontrou um funcionário da loja, que disse que, ao abrir o comércio, dois homens armados invadiram o local e anunciaram o roubo.

Segundo o homem, os criminosos realizavam ameaças de morte. Uma funcionária teria sido rendida e amarrada por um dos criminosos. Ainda de acordo com as vítimas, os suspeitos teriam foragido após subtraírem 75 aparelhos celulares, peças de semijoias e a quantia de R$ 1.380,00 em dinheiro.

Leia Também:  PM recupera 75 celulares e prende dupla por roubo e cárcere privado

De posse das informações e características, os policiais militares realizaram diligências pela região central da cidade e localizaram dois homens em uma motocicleta, próximos de um ponto de ônibus, tentando destruir três celulares.

Foi feita abordagem à dupla e identificado que os aparelhos seriam das vítimas do roubo. Em revista pessoal foi localizado um revólver de calibre .38 carregado com seis munições e uma mochila onde estavam os 75 celulares e as peças de semijoias.

Diante da situação, os dois homens receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia de Rondonópolis, junto com o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências. No local, as vítimas do crime realizaram a identificação dos suspeitos e recuperação dos objetos roubados.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA