CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil cumpre quatro mandados de prisões na região de fronteira

Publicado em

POLÍCIA

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Mirassol d”Oeste cumpriram no sábado (11.06), quatro mandados de prisão em desfavor de indivíduos que cumpriam penas em regime semiaberto, porém tiveram o benefício revertido por descumprimento das condições impostas pela Justiça. 

As ordens judiciais foram expedidas pelo juízo da Terceira Vara da Comarca local, sendo os suspeitos localizados e presos pelos policiais civis.

Um dos detidos foi um homem de 51 anos, morador do bairro Jardim São Paulo, e que responde pelos crimes de lesão corporal, receptação e roubo.Ele foi condenado há mais de 22 anos de reclusão, sendo localizado na praça do bairro onde reside.

O segundo preso de 35 anos responde por diversos furtos, sendo condenado há de 2 anos e 9 meses, vem como também foi abordado pela equipe no bairro Jardim São Paulo.

O terceiro envolvido, de 36 anos, é acusado de tráfico de drogas ocorrido no ano de 2016. Na época dos fatos, o suspeito foi autuado em flagrante por transportar cerca de 42 quilos de entorpecentes, que estavam ocultados em compartimento secreto do veículo. O suspeito teve o mandado de prisão cumprido na zona rural do município.

Leia Também:  Mãe evita que filha de 15 anos seja violentada por desconhecido em Carlinda

Já o quarto suspeito de 42 anos e com diversas passagens criminais, responde pelos crimes de associação para o tráfico de drogas, tráfico de drogas, corrupção de menores, embriaguez ao volante, apropriação indébita, entre outros delitos. Com quase 19 anos de condenação, ele foi localizado pelos policiais no município de São José dos Quatro Marcos.

Após o cumprimento dos mandados de prisão, os quatro envolvidos foram conduzidos para as providências cabíveis, e posteriormente encaminhados para a Cadeia Pública ficando à disposição do Poder Judiciário.

O delegado de Mirassol d’Oeste, Matheus Prates de Oliveira, ressaltou que uma das prisões foi realizada por meio de reconhecimento facial, instrumento tecnológico utilizado pela Polícia Civil de Mato Grosso, visto que o procurado não portava documentos de identificação.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

PM recupera 75 celulares e prende dupla por roubo e cárcere privado

Publicados

em

Foto: Divulgação PM

A Polícia Militar prendeu em flagrante, nesta terça-feira (09), dois homens, de 19 e 31 anos, por roubo e cárcere privado registrados em Rondonópolis. Na ação a PM recuperou 75 celulares, peças de semijoias e a quantia de R$ 1,3 mil. Com os suspeitos também foi apreendida uma arma de fogo com seis munições.

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui no Grupo 1 e no Grupo 2! Participe também do Grupo de Discussão.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 08h a equipe do 5º Batalhão da PM recebeu informações sobre um roubo em um estabelecimento comercial, na região central da cidade. No endereço informado, a PM encontrou um funcionário da loja, que disse que, ao abrir o comércio, dois homens armados invadiram o local e anunciaram o roubo.

Segundo o homem, os criminosos realizavam ameaças de morte. Uma funcionária teria sido rendida e amarrada por um dos criminosos. Ainda de acordo com as vítimas, os suspeitos teriam foragido após subtraírem 75 aparelhos celulares, peças de semijoias e a quantia de R$ 1.380,00 em dinheiro.

Leia Também:  Maus-tratos levam polícia do Rio a fechar asilo em Guaratiba

De posse das informações e características, os policiais militares realizaram diligências pela região central da cidade e localizaram dois homens em uma motocicleta, próximos de um ponto de ônibus, tentando destruir três celulares.

Foi feita abordagem à dupla e identificado que os aparelhos seriam das vítimas do roubo. Em revista pessoal foi localizado um revólver de calibre .38 carregado com seis munições e uma mochila onde estavam os 75 celulares e as peças de semijoias.

Diante da situação, os dois homens receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia de Rondonópolis, junto com o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências. No local, as vítimas do crime realizaram a identificação dos suspeitos e recuperação dos objetos roubados.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA