CUIABÁ

POLÍCIA

Batalhão Ambiental da PM fecha garimpo ilegal e multa proprietário em Nossa Senhora do Livramento

Publicado em

POLÍCIA

Policiais militares do Batalhão Ambiental (BPMPA) fecharam uma área de garimpo ilegal, na manhã desta sexta-feira (24.06), na zona rural de Nossa Senhora do Livramento. Um homem de 52 anos, proprietário da área, foi preso e multado em R$ 189 mil. Maquinários utilizados na área foram apreendidos pela equipe.

Por volta de 10h, a equipe do Batalhão Ambiental recebeu denúncia anônima que informava sobre um garimpo que funcionava de maneira irregular, próximo de uma rodovia, em uma área de preservação permanente. Os policiais militares foram ao endereço indicado e identificaram uma grande área de desmatamento.

No local, a equipe foi recebida por um homem, que se apresentou como proprietário da área e responsável pelo empreendimento. Questionado sobre a documentação para o funcionamento do garimpo, o suspeito afirmou que não possuía autorização para realizar a ação.

A equipe do Batalhão Ambiental ainda identificou supressão da vegetação nativa e desvio do curso de água para despejo de rejeitos de minérios em um córrego. Os policiais militares também localizaram escavadeiras, motosserras e demais maquinários utilizados para degradação da área.

Leia Também:  Mãe evita que filha de 15 anos seja violentada por desconhecido em Carlinda

Diante da situação, o suspeito que se apresentou como proprietário da área foi conduzido para a Delegacia e multado em R$ 189 mil. Todo o material encontrado nas terras foi apreendido pela equipe do Batalhão Ambiental.

Disquedenúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

PM recupera 75 celulares e prende dupla por roubo e cárcere privado

Publicados

em

Foto: Divulgação PM

A Polícia Militar prendeu em flagrante, nesta terça-feira (09), dois homens, de 19 e 31 anos, por roubo e cárcere privado registrados em Rondonópolis. Na ação a PM recuperou 75 celulares, peças de semijoias e a quantia de R$ 1,3 mil. Com os suspeitos também foi apreendida uma arma de fogo com seis munições.

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui no Grupo 1 e no Grupo 2! Participe também do Grupo de Discussão.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 08h a equipe do 5º Batalhão da PM recebeu informações sobre um roubo em um estabelecimento comercial, na região central da cidade. No endereço informado, a PM encontrou um funcionário da loja, que disse que, ao abrir o comércio, dois homens armados invadiram o local e anunciaram o roubo.

Segundo o homem, os criminosos realizavam ameaças de morte. Uma funcionária teria sido rendida e amarrada por um dos criminosos. Ainda de acordo com as vítimas, os suspeitos teriam foragido após subtraírem 75 aparelhos celulares, peças de semijoias e a quantia de R$ 1.380,00 em dinheiro.

Leia Também:  Menino de três anos é estuprado enquanto passava o final de semana com o pai

De posse das informações e características, os policiais militares realizaram diligências pela região central da cidade e localizaram dois homens em uma motocicleta, próximos de um ponto de ônibus, tentando destruir três celulares.

Foi feita abordagem à dupla e identificado que os aparelhos seriam das vítimas do roubo. Em revista pessoal foi localizado um revólver de calibre .38 carregado com seis munições e uma mochila onde estavam os 75 celulares e as peças de semijoias.

Diante da situação, os dois homens receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia de Rondonópolis, junto com o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências. No local, as vítimas do crime realizaram a identificação dos suspeitos e recuperação dos objetos roubados.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA