CUIABÁ

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal realiza prisão por evasão de divisas na fronteira com o Uruguai

Publicado em

POLÍCIA FEDERAL

Santa Vitória do Palmar/RS: A Polícia Federal, em ação ostensiva na fronteira do Brasil com o Uruguai, apreendeu 250 mil reais e prendeu um homem em flagrante por evasão de divisas.

A ação ocorreu na tarde desta sexta-feira (03/06), na aduana do Chuí/RS.

Durante as abordagens, policiais federais foi revistaram um veículo com placas uruguaias que se deslocava em direção ao país vizinho. Na vistoria, foi encontrada uma mochila contendo 250 mil reais em espécie.

O condutor do veículo, um cidadão argentino residente no Brasil, não havia efetuado a declaração do transporte do numerário para o exterior às autoridades competentes.

Dessa forma, foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal, onde foi preso em flagrante pelo crime de evasão de divisas, cuja pena pode chegar a seis anos de reclusão.

O indivíduo foi recolhido ao Presídio da cidade, onde permanecerá à disposição Justiça Federal.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia prende homem acusado de pedofilia e estupro no Rio de Janeiro
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF cumpre mandado de busca e apreensão em repressão ao abuso sexual infanto-juvenil, em Piracicaba/SP

Publicados

em

Piracicaba/SP – A Polícia Federal cumpriu na manhã desta terça-feira (09/08), mandado de busca e apreensão no combate ao compartilhamento, produção e posse de imagens e vídeos com conteúdo de abuso sexual infanto-juvenil. O mandado foi expedido pela Justiça Federal em Piracicaba/SP.

Durante o cumprimento da ordem judicial foram apreendidos 01 notebook e um aparelho de telefone celular. A busca foi realizada pela equipe técnica na residência do investigado, sendo localizados arquivos categorizados como de natureza pedopornográfica.

O indiciado, preso preventivamente por conta da comprovação da posse do material, responderá no inquérito pelos crimes previstos nos artigos 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e Adolescente. Em levantamento preliminar, foi verificado que o preso já havia sido condenado pelos mesmos crimes em 2011.

Se condenado, poderá cumprir penas que variam de 01 a 04 anos de reclusão por armazenamento, somada a penas que variam de 03 a 06 anos, se comprovado o compartilhamento dos arquivos.

Comunicação Social da Delegacia da Polícia Federal em Piracicaba

(19) 3301-5203

Fonte: Polícia Federal

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Federal e Receita Federal efetuam ação conjunta no Porto de Santos
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA