CUIABÁ

POLÍCIA FEDERAL

PF prende mulher com 4 kg de cocaína na bagagem

Publicado em

POLÍCIA FEDERAL

Guarulhos/SP – A Polícia Federal apreendeu no final da noite de ontem, quinta-feira (26/5), no Aeroporto Internacional de São Paulo, droga oculta em fundos falsos de uma mala.

Policiais federais, em fiscalização de rotina, abordaram uma passageira que não soube informar para que lugar viajaria, tendo que ler seu bilhete para responder ao questionamento. A mulher, uma brasileira de 25 anos, foi conduzida ao setor de raio-x para fiscalização indireta de sua bagagem. Nas estruturas da mala, foi identificado material orgânico. Em sede policial, a mala foi desmontada e, de suas estruturas, foram retirados 4 kg de cocaína. O bilhete de viagem da passageira registrava voo para Joanesburgo, na África do Sul, com escala em Doha, no Catar.

A suspeita, que foi presa, será apresentada à Justiça Federal, onde poderá responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Superintendência da Polícia Federal em São Paulo

Leia Também:  Operação prende quatro motoristas por embriaguez ao volante em Cuiabá

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal combate o comércio ilegal de ouro no Tocantins

Publicados

em

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (28/7) a Operação Midas, visando combater o comércio ilegal de ouro no Estado do Tocantins.

Mais de 160 policiais federais deram cumprimento a 40 mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Nacional, Natividade, Conceição do Tocantins (TO), Goiânia, Uruaçu (GO), São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e São Paulo (SP), Londrina (PR) e Caxias (RS), expedidos pela Justiça Federal de Gurupi/TO.

A operação tem como objetivo robustecer o conjunto probatório já existente, assim como combater o comércio ilegal de ouro na região de Natividade/TO, recuperar o ouro extraído ilegalmente e os valores obtidos com o crime.

Conforme indicaram as investigações, pessoas residentes em outras unidades da federação compraram ouro de garimpeiros ilegais da região de Natividade/TO, pagando valores menores que o praticado no mercado e sem a devida certificação.

Os envolvidos poderão responder pelo crime de receptação e/ou comércio ilegal de ouro.

O nome da operação remete ao personagem da mitologia grega que transformava tudo que tocava em ouro.

Leia Também:  PF prende homem por atentado contra a segurança de transporte aéreo no Aeroporto de Fortaleza/CE

Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

Telefone: (63) 3236-5440
E-mail: [email protected]

Fonte: Polícia Federal

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA