CUIABÁ

POLÍCIA FEDERAL

PF e BPFRON apreendem cigarros contrabandeados

Publicado em

POLÍCIA FEDERAL

Mercedes-PR. Na terça-feira (21/06), policiais militares e federais, em patrulhamento nas proximidades do lago de Itaipu, comunidade Três Irmãs, em Mercedes-PR, avistaram uma pequena entrada coberta por galhos de árvores que ocultavam depósito de cigarros contrabandeados.

Não foi encontrado nenhum individuo próximo ao local. Foram apreendidos 48 caixas de cigarros contrabandeados de diversas marcas. Os materiais foram encaminhados para a Polícia Federal em Guaíra-PR.

Essa apreensão faz parte da Operação Controle Brasil, articulada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, integrando diversos órgãos no combate aos delitos de contrabando e descaminho de bebidas, fumo e insumos agrícolas.

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. nessa operação interagências equipes do BPFRON e demais Unidades da PMPR, Polícia Federal, PCPR, RECEITA FEDERAL e EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

BPFRON/PMPR

Disque denúncia: (44) 9 9985-2726

Disque denúncia 181

 

PF/Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Federal investiga lavagem de dinheiro por parte de organização com atuação na extração e comércio ilegais de ouro
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal combate o comércio ilegal de ouro no Tocantins

Publicados

em

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (28/7) a Operação Midas, visando combater o comércio ilegal de ouro no Estado do Tocantins.

Mais de 160 policiais federais deram cumprimento a 40 mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Nacional, Natividade, Conceição do Tocantins (TO), Goiânia, Uruaçu (GO), São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e São Paulo (SP), Londrina (PR) e Caxias (RS), expedidos pela Justiça Federal de Gurupi/TO.

A operação tem como objetivo robustecer o conjunto probatório já existente, assim como combater o comércio ilegal de ouro na região de Natividade/TO, recuperar o ouro extraído ilegalmente e os valores obtidos com o crime.

Conforme indicaram as investigações, pessoas residentes em outras unidades da federação compraram ouro de garimpeiros ilegais da região de Natividade/TO, pagando valores menores que o praticado no mercado e sem a devida certificação.

Os envolvidos poderão responder pelo crime de receptação e/ou comércio ilegal de ouro.

O nome da operação remete ao personagem da mitologia grega que transformava tudo que tocava em ouro.

Leia Também:  Governo federal apresenta novos modelos de identidade e passaporte aos brasileiros

Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

Telefone: (63) 3236-5440
E-mail: [email protected]

Fonte: Polícia Federal

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA