CUIABÁ

MUNDO

Mulher e seus dois cães morrem atingidos por raio na Califórnia

Publicado em

MUNDO

source
Equipes de resgate não conseguiram reanimar a mulher atingida por um raio, na Califórnia
Reprodução – 23.06.2022

Equipes de resgate não conseguiram reanimar a mulher atingida por um raio, na Califórnia

Uma mulher e seus dois cães morreram após serem atingidos por um raio, durante uma caminhada matinal. De acordo com Steve Carmona, representante da administração central da cidade de Pico Rivera, na Califórnia (EUA), a mulher passeava com os cães no Distrito de San Gabriel, na manhã de quarta-feira, quando foi atingida.

A polícia e as equipes de emergência foram acionadas por moradores da região por volta das 9h. A vítima e os animais foram encontrados caídos próximo a duas movimentadas avenidas. Os socorristas tentaram reanimá-la e a seus cães, mas sem sucesso.

O incidente ocorreu num período em que tempestades de raios estão passando pelo sul da Califórnia. Após o caso, a prefeitura local alertou os moradores para ficarem dentro de casa, evitando passeios a pé, até que as tempestades se dissipem.

Na última vez que um relâmpago fatal foi registrado no sul da Califórnia, em 2014, um rapaz de 20 anos acabou morrendo também. As informações são do site Metro.com.uk.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Zelensky pede para ONU investigar ataques em shopping de Kremenchuk

Publicados

em

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky
Reprodução/Facebook

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, sugeriu na tarde desta terça-feira (28) que a Organização das Nações Unidas (ONU) envie uma comissão de inquérito a Kremenchuk para investigar ataques de mísseis russos contra civis .

O pedido foi feito durante sua participação por videoconferência na reunião do Conselho de Segurança sobre a Ucrânia.

“Sugiro que as Nações Unidas enviem um representante especial ou o secretário-geral, ou uma comissão ao local deste ato terrorista, para que possa encontrar informações de forma independente e ver que é, na verdade, um ataque com mísseis russos”, declarou.

Zelensky pediu ainda aos membros do Conselho de Segurança, incluindo os representantes da Rússia e da China, para homenagearem “todos os ucranianos que foram mortos nesta guerra com um minuto de silêncio”.

Durante seu pronunciamento, o presidente da Ucrânia reiterou mais uma vez que a Rússia não tem o direito de permanecer no Conselho de Segurança da ONU.

“Em qualquer outro lugar do mundo, uma organização como a Rússia, que tem como alvo civis, seria chamada de terrorista”, explicou ele. “Quem entre vocês discorda de que o ataque da Rússia a civis e infraestrutura civil é terrorismo?”, questionou.

Leia Também:  Guerra: Rússia diz que vai parar ofensiva após rendição da Ucrânia

O duro discurso foi feito um dia após um bombardeio russo atingir um shopping center de Kremenchuk, no centro-leste da Ucrânia, e deixar pelo menos 20 mortos e 59 feridos. Centenas de socorristas continuam procurando por vítimas nos escombros do edifício.

Hoje, seis membros do Conselho de Segurança da ONU – EUA, Reino Unido, França, Noruega, Irlanda e Albânia -, juntamente com a Ucrânia, “condenaram” os ataques a civis em Kremenchuk.

Além disso, as nações reiteraram seu “total apoio à independência e integridade territorial da Ucrânia, condenando a intensificação dos ataques de mísseis da Rússia no país, visando infraestrutura civil e áreas residenciais”.

Eles também condenaram qualquer violação das leis humanitárias internacionais e reforçaram seu apelo ao respeito à Convenção de Genebra.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Leia Também:  Entrega voluntária para adoção é direito da mulher

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA