CUIABÁ

MUNDO

Lenda da Broadway, Stephen Sondheim morre aos 91 anos

Publicado em

MUNDO

 

O compositor e letrista da Broadway Stephen Sondheim, que ajudou o teatro musical norte-americano a evoluir além do puro entretenimento e alcançar novas alturas artísticas com obras como West Side Story, Into the Woods e Sweeney Todd, morreu nesta sexta-feira (26) em casa, aos 91 anos, de acordo com o jornal New York Times..

Sondheim, que acumulou oito prêmios Tony – o Oscar da Broadway -, começou cedo, aprendendo a arte do teatro musical quando ele era apenas um adolescente com o letrista Oscar Hammerstein II, de “A Noviça Rebelde”.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse em um tuíte nesta sexta-feira sobre Sondheim: “Uma das luzes mais brilhantes da Broadway se apagou esta noite. Que ele descanse em paz”.

A atriz e cantora Anna Kendrick chamou a morte de Sondheim de “uma perda devastadora”.

“Atuar em sua obra tem sido um dos maiores privilégios da minha carreira”, acrescentou Kendrick em redes sociais.

Lin-Manuel Miranda, criador de “Hamilton” e pupilo de Sondheim, descreveu o mestre como o maior letrista de teatro musical.

Leia Também:  Alemanha ultrapassa barreira de 200 mil novas infecções por dia

Os musicais de maior sucesso de Sondheim incluíram “Into the Woods”, que estreou na Broadway em 1987 e usou contos de fadas infantis para desembaraçar obsessões adultas, o thriller “Sweeney Todd”, de 1979, sobre um barbeiro assassino em Londres cujas vítimas são servidas como tortas de carne, e “A Funny Thing Happened on the Way to the Forum”, de 1962, uma comédia ao estilo “Vaudeville” ambientada na Roma antiga.

“Eu amo tanto o teatro quanto a música, e toda a ideia de chegar a um público e fazê-los rir, fazê-los chorar –apenas fazê-los sentir– é primordial para mim”, disse Sondheim em uma entrevista de 2013 à Rádio Pública Nacional dos EUA.

Vários dos musicais de sucesso de Sondheim foram transformados em filmes, incluindo “Caminhos da Floresta”, estrelado por Meryl Streep, e “Sweeney Todd”, com Johnny Depp.

Uma nova versão cinematográfica de “Amor, Sublime Amor”, para a qual Sondheim escreveu a letra da música de Leonard Bernstein, que vai estrear no próximo mês.

Leia Também:  Filho de Faustão decidiu assumir relação contra a vontade da namorada

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Homem sobrevive ao pular do 9º andar de prédio e atingir carro na rua

Publicados

em


source
Homem sobreviveu após cair do 9º andar de prédio e atingir carro
Reprodução / NY Post

Homem sobreviveu após cair do 9º andar de prédio e atingir carro

Um homem pulou do 9º andar de um prédio em Nova Jersey, nos Estados Unidos, e sobreviveu após atingir um carro que estava estacionado em frente ao edifício. O norte-americano de 31 anos recebeu alta e foi liberado do hospital, de acordo com Kimberly Wallace-Scalcione, porta-voz de Jersey City.

Após cair do prédio, a vítima teve o braço direito mutilado, sofreu ferimentos internos e cortes na cabeça, mas sobreviveu e deixou o hospital em meados de dezembro, segundo Kimberly informou nesta sexta-feira (28) ao jornal The Post Friday.


A queda de 30 metros ocorreu em 6 de outubro do ano passado e o momento foi flagrado por pessoas que passavam na rua. Apesar da altura e dos ferimentos, o homem ainda conseguia se comunicar ao atingir o capô do veículo.

Leia Também

De acordo com o jornal, ele teria se jogado da janela dizendo que “queria morrer”.

“Ouvi um grande estrondo e no começo não pensei que fosse uma pessoa”, disse Christina Smith, que passava na rua no momento da queda. “A janela traseira do carro estourou. Então o cara pulou e começou a gritar.”

No dia seguinte à queda, as autoridades informaram que o homem corria risco de vida, mas ele resistiu e foi liberado do hospital dois meses após o ocorrido.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA