CUIABÁ

MATO GROSSO

Indea capacita servidores para uso de drones em fiscalizações nas divisas e na fronteira

Publicado em

MATO GROSSO

Para fortalecer a fiscalização na área da fronteira com a Bolívia e nas divisas de Mato Grosso com Rondônia, Pará, Tocantins, Goiás e Mato Grosso do Sul, o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea/MT) promove treinamento com os servidores para operar drones. Neste sábado (11.06), a terceira turma, composta por 15 servidores, será formada. Ao todo foram três turmas.

As aulas foram ministradas pelo instrutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), João Grisoste, durante três dias com 8 horas diárias. Eles aprendem tanto sobre o equipamento quanto fazê-lo voar.

O uso de drone nas ações de fiscalização será importante para contagem de rebanho, identificação de plantas, monitoramento das divisas e fronteira e mapeamento de propriedades, dentre outras funções, com imagens em 3D, panorâmicas e de alta definição.

Para o engenheiro agrônomo Elton Corrêa da Silva, da unidade do Indea em Comodoro, a medida vai facilitar muito o trabalho na região de divisa com Rondônia e fronteira com a Bolívia. Ele é um dos servidores, que vieram a Cuiabá aprender a manusear o equipamento.

Leia Também:  Grupo de Fiscalização do Sistema Carcerário promove I Ciclo de Diálogo sobre Audiências de Custódia

“O equipamento vai ajudar a mostrar o que entra e o que sai. Ele consegue chegar em locais de difícil acesso e nos trazer as imagens, usadas para as fiscalizações tanto da área vegetal quanto animal. É importante inovar, para usar a tecnologia a nosso favor”, argumentou.

Além dos quatro drones em uso, o Indea investiu mais R$ 82,1 mil na compra de cinco novos aparelhos, que serão distribuídos para as regionais da divisa e da fronteira.

“Os drones não serão utilizados em qualquer fiscalização, mas em ações de inteligência. O último caso de abate de bovinos, ingressando de forma ilegal no país, foi descoberto por meio de uso de drone. Temos a pretensão de continuar com os treinamentos posteriormente”, disse o diretor técnico do Indea, Renan Tomazele.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Veterinária morre no interior de Mato Grosso após atropelar uma anta na BR-163

A concessionária foi acionada por volta das 1h30 da madrugada para socorrer a condutora, que foi encaminhada ao hospital mas não resistiu aos ferimentos

Publicados

em

Érica Fernanda de Jesus Fernandes, de 33 anos, morreu, na madrugada desta segunda-feira (8) após colidir seu veículo, um Ford Fiesta branco, com uma anta, quando trafegava pela rodovia BR-163 no município de Sorriso (distante 397 km de Cuiabá). Após chocar-se com o animal, o carro saiu da pista e capotou sobre a faixa de domínio.

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui no Grupo 1 e no Grupo 2! Participe também do Grupo de Discussão.

A concessionária Rota do Oeste, responsável pela administração da rodovia, foi acionada por volta das 1h30 da madrugada para socorrer a condutora, que foi encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Regional de Sorriso, mas não resistiu aos ferimentos. Ela estava com um carona, que também recebeu atendimento médico.

Érica era veterinária e atuava como servidora comissionada da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente desde julho de 2021.
Segundo nota divulgada pela prefeitura de Lucas do Rio Verde, a vítima voltava de uma pós-graduação em São Paulo quando sofreu um acidente .

Leia Também:  Veterinária morre no interior de Mato Grosso após atropelar uma anta na BR-163

“Como única médica veterinária, Érica atuou diretamente na castração de mais de 480 cães e gatos e era apaixonada pela causa animal. Ela era entusiasmada pelo projeto, teve papel importante para que a unidade iniciasse os atendimentos em dezembro de 2021, e tinha como propósito aumentar cada vez mais o número de animais castrados mensalmente pela unidade de castração”, diz trecho da nota.

Em razão da perda da veterinária, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde decretou luto oficial de três dias.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA