CUIABÁ

ESPORTES

Seleção feminina retoma caminho das vitórias na Liga das Nações

Publicado em

ESPORTES

A seleção brasileira feminina de vôlei derrotou a Sérvia por 3 a 0 (parciais de 25/21, 25/9 e 25/21), na manhã deste domingo (19), no ginásio Nilson Nelson, em Brasília. A vitória do time do técnico Zé Roberto Guimarães marcou o encerramento da segunda etapa da Liga das Nações.

Na sequência de partidas na capital federal, o Brasil conseguiu três vitórias (Sérvia, Holanda e Turquia) e uma derrota (Itália). Com isso, a seleção brasileira aparece em terceiro lugar na tabela de classificação, com 18 pontos (atrás de Japão, com 23, e dos Estados Unidos, com 21).

No confronto deste domingo, Pri Daroit, Kisy e Gabi foram as maiores pontuadoras, com 14 acertos cada. “Minha família estava no ginásio e isso também foi muito especial. Foi uma boa vitória contra a Sérvia, mas sabemos que o trabalho continua e precisamos evoluir”, disse a líbero Nyeme à assessoria da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Leia Também:  Após visita dos EUA, China retoma atividades militares perto de Taiwan

A terceira etapa da Liga das Nações de vôlei feminino será disputada em Sófia (Bulgária) entre os dias 28 de junho e 3 de julho. A competição reúne as 16 melhores seleções de vôlei do planeta. Em 2022 a competição é realizada em duas fases. A primeira tem três etapas. Em cada uma, os times são divididos em dois grupos e cada um joga quatro vezes. Os grupos e os confrontos de cada semana são definidos por sorteio. Os oito melhores desta fase avançam para a etapa final, que é disputada entre 13 e 17 de julho em Ancara (Turquia).

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Tati Weston-Webb vira bateria no Taiti e assegura vaga no WSL Finals

Publicados

em

A quarta-feira (17) foi excelente para a brasileira Tatiana Weston-Webb nas ondas de Teahupo’o (Taiti), última etapa do circuito mundial de surfe antes da grande decisão do título de 2022: o WSL Finals, na Califórnia (Estados Unidos), em setembro. Tati não só avançou às quartas de final da disputa feminina, como assegurou antecipadamente uma vaga no WSL Finals, que reunirá apenas as cinco primeiras colocadas no ranking.

A brasileira se classificou às quartas da etapa Taiti Pro ao virar a bateria de repescagem contra a australiana Isabella Nichols nos seis minutos finais. A disputa começou com ondas baixas. Já na metadeda bateria a gaúcha só havia descido uma onda, que lhe valeu apenas 1.23. Já a adversária totalizava duas notas: 3.50 e 2.67.  Na reta final, Tati finalmente conseguiu uma boa onda e brilhou com manobras e rasgadas, conseguindo 4.17. Na soma final, a brasileira superou a australiana por 6.17 a 5.40.

Vice-campeã mundial no ano passado, a gaúcha de 26 anos foi a única surfista na temporada 2022 a vencer duas etapas (Portugal e na África do Sul). Terceira no ranking, com 42.610 pontos, atrás apenas da havaiana Carissa Moore (52.925) e da francesa Johanne Defay (47.610), Tati Weston-Webb precisaria chegar às semifinais em Teahupo’o para garantir presença no WSL Finals na praia de Trestles. A brasileira  poderia ser ultrapassada pela costarriquenha Brissa Hennessy, quinta no ranking (40.285), ou pela norte-americana Lakey Peterson, na sexta posição (39.005).  No entanto, as duas também avançaram hoje e  irão se enfrentar nas quartas, ou seja, uma será eliminada e dará adeus ao sonho do título este ano.

Leia Também:  STF retoma julgamento sobre nova Lei de Improbidade

A disputa masculina teve início logo após ao termino da competição feminina. Líder do ranking, Filipe Toledo já está assegurado em Trestles, mas o campeão olímpico Ítalo Ferreira, atual quarto no ranking, depende apenas de sim para assegurar a quinta e última vaga no WSL Finals masculino. 

Quartas de final 

Tatiana Weston-Webb (BRA) x Caroline Marks (EUA)

Stephanie Gilmore (AUS) x Courtney Conlogue (EUA)

Carissa Moore (HAV) x Vahina Fierro (FRA)

Brisa Hennessy (CRC) x Lakey Peterson (EUA)

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA