CUIABÁ

ESPORTES

NFL confirma Super Bowl com capacidade máxima em Los Angeles

Publicado em

ESPORTES


A um mês do Super Bowl LVI em Los Angeles, autoridades da NFL disseram nesta quinta-feira (13) que o jogo será disputado com casa cheia no SoFi Stadium, em Los Angeles, apesar do aumento de casos do novo coronavírus (covid-19).

Os torcedores que comparecerem ao jogo na nova arena de 70.240 lugares em Inglewood, em 13 de fevereiro, serão obrigados a mostrar comprovante de vacinação ou teste negativo de covid-19 e usar máscaras quando não estiverem comendo ou bebendo, mas nenhum limite de capacidade será definido.

“Recebemos o Super Bowl no ano passado em Tampa com capacidade limitada, então encerrar esta temporada incrível com um Super Bowl com capacidade total aqui neste estádio inacreditável, não poderíamos estar mais empolgados”, disse à Reuters Katie Keenan, diretora sênior de operações de evento da NFL em um evento que marca 30 dias para a disputa.

Keenan rejeitou rumores de que o jogo poderia ser transferido para outro lugar devido à disseminação da variante altamente contagiosa Ômicron.

Leia Também:  Capes promove competição para alunos de alta capacidade

“Posso dizer categoricamente que nada disso é verdade. Tudo faz parte do nosso planejamento de contingência normal”, disse.

A partida seguirá os regulamentos do condado de Los Angeles para covid-19 para que os torcedores presentes possam se concentrar em se divertir.

“No final das contas, é uma festa e será um dia incrível em uma instalação incrível”, concluiu.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Na volta ao circuito mundial, Rafaela Silva é ouro em Portugal

Publicados

em


A brasileira Rafaela Silva foi campeã do Grand Prix de Almada, em Portugal, na categoria até 57 kg nesta sexta-feira (28). Esse foi o primeiro ouro da campeã olímpica em 2016 dentro do Circuito Mundial desde que ela retornou da suspensão de dois anos por doping.

O retorno da atleta aos torneios havia ocorrido no final da temporada de 2021. Na primeira competição internacional depois de retornar as disputas, em novembro de 2021, Rafaela havia sido eliminada na primeira luta no Azerbaijão. Ela já tinha conquistado também o Mundial Militar em 2021, mas o torneio não faz parte do Circuito Mundial da modalidade.

Na decisão do ouro, nesta sexta-feira, a carioca passou pela holandesa Pleuni Cornelisse por ippon. Ao subir no lugar mais alto do pódio, ela somou 700 pontos no ranking mundial. Na campanha que culminou com o ouro, Rafaela passou pela suíça Evelyne Tschopp, a tcheca Vera Zemanova e a sul-coreana Eunsong Park antes da final.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  GP saudita terá alterações no circuito para melhorar visibilidade
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA