CUIABÁ

MARÉ DE AZAR

Demissão de Pintado após eliminação de duas competições mostra que caminho é difícil para diretoria do time

Com a demissão do técnico, nomes que foram cogitados na saída do último técnico voltaram para a boca do povo, técnicos como Lisca

Publicado em

ESPORTES

Reprodução

Para treinar o Dourado, os técnicos precisam se encaixar em três requisitos que foram presentes nas contratações anteriores, como: o técnico não pode ter comissão técnica própria, pois o time já oferta esses profissionais, não precisa possuir uma bagagem grande, ou vir com muita experiência de outros times, e precisa oferecer um valor que o time consiga pagar.

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui no Grupo 1 e no Grupo 2! Participe também do Grupo de Discussão

E isso mostra que a diretoria tem um caminho difícil pela frente, pois encontrar um técnico com essas qualidades que agrade a torcida não será fácil. Ou o time retoma antigos projetos, ou sai a busca de alguém com o perfil desejado.

Com a demissão do técnico, nomes que foram cogitados na saída do último técnico voltaram para a boca do povo, técnicos como Lisca, que teve uma excelente passagem pelo América-MG, Dado Cavalcanti, que teve uma breve passagem pelo Vitória no começo do ano, Marquinhos Santos, que treinou o América-MG até abril desse ano, e claro o próprio Jorginho que marcou a história do Cuiabá e ainda é muito amado pela torcida cuiabana.

Leia Também:  Senado avança na Lei Geral do Esporte

Demissão

O Cuiabá demitiu o técnico Pintado após a desclassificação da Copa do Brasil nos pênaltis, antes disso o Dourado havia sofrido uma goleada pelo Santos de 4 a 1, e perdeu a chance de passar para a próxima fase da Sul-Americana.

O técnico já vinha admitindo em entrevistas que o objetivo do clube era a permanecia na Série A, e não o avanço de fases das outras competições, mas mesmo com tal declaração, o time não vinha fazendo partidas consistentes no Campeonato Brasileiro e isso desagradou à torcida que já pedia a volta de Jorginho.

O Dourado foi eliminado da Copa do Brasil na noite de quarta-feira (11), com a derrota para o Atlético-GO por 5 a 3 nas cobranças de pênaltis, após empate sem gols no tempo normal. O Cuiabá volta a jogar no domingo, contra o São Paulo, às 15h, no Morumbi, pela sexta rodada do Brasileirão.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Fluminense vence por 10 a 1, mas cai na Sul-Americana

Publicados

em

O torcedor do Fluminense ficou com um sabor agridoce na boca após ver sua equipe ser eliminada da Copa Sul-Americana mesmo goleando o Oriente Petrolero (Bolívia) por 10 a 1, na noite desta quinta-feira (26) no estádio Ramón Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra.

Mesmo com a vitória elástica, o Tricolor das Laranjeiras terminou a primeira fase da competição na segunda posição do Grupo H com 11 pontos, um a menos do que o Unión Santa Fe (Argentina), que bateu o Junior Barranquilla (Colômbia) por 4 a 0 para garantir a única vaga da chave.

Goleada histórica

Precisando vencer por uma diferença de ao menos seis gols, além de torcer por um empate no confronto entre Santa Fe e Junior Barranquilla, a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz entrou acelerada e abriu o placar com menos de um minuto de bola rolando com Matheus Martins. O domínio do Fluminense era tão grande que aos 12 minutos já vencia por 3 a 0, graças a mais dois gols do argentino Cano.

Leia Também:  Lateral Danilo é cortado da seleção brasileira

Aos 14 minutos o Oriente Petrolero marcou o de honra com Sebastián Álvarez, mas o Tricolor construiu o placar com gols de Caio Paulista, Manoel, Arias, Willian, outros dois gols de Matheus Martins e outro de Cano.

Apesar de não conseguir a classificação, o Fluminense aplicou uma goleada história, a maior da história da Copa Sul-Americana (antes o triunfo mais elástico da competição foi um 9 a 0 do Defensor, do Uruguai, sobre o Sport Huancayo, do Peru).

Agora o Tricolor das Laranjeiras se prepara para o clássico do próximo domingo (29) contra o Flamengo pelo Brasileiro.

Derrota do Cuiabá

Outra equipe que disputou a sua última partida na atual edição da Copa Sul-Americana nesta quinta foi o Cuiabá. Entrando em campo já desclassificado, o Dourado foi superado pelo Melgar (Peru) por 3 a 1.

O Cuiabá agora se concentra no Brasileiro, quando pega o Athletico-PR na Arena Pantanal no domingo.

Leia Também:  Brasil fatura um ouro e duas pratas na etapa Barcelona do Mare Nostrum

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA