CUIABÁ

ESPORTES

Corinthians atropela Santos e abre boa vantagem na Copa do Brasil

Publicado em

ESPORTES

O Corinthians abriu ótima vantagem no confronto diante do Santos pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (22), o Timão goleou o Peixe por 4 a 0 na Neo Química Arena, em São Paulo, no duelo de ida do confronto que vale um lugar nas quartas de final. Foi a primeira vitória corintiana em um clássico na temporada.

O Alvinegro da capital paulista avança à próxima fase mesmo se perder por três gols de diferença no jogo de volta, marcado para o dia 13 de julho, outra quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, em Santos (SP). O Peixe necessita vencer por cinco ou mais gols no tempo normal para se classificar. Se o Alvinegro Praiano igualar o placar agregado, a vaga será definida nos pênaltis.

O duelo serviu, também, como prévia do clássico entre ambos pelo Campeonato Brasileiro. As duas equipes voltam a se encarar neste sábado (25), às 19h, outra vez na Neo Química Arena, pela 14ª rodada.

Leia Também:  D'Almeida leva ouro inédito em etapa da Copa do Mundo de Tiro com Arco

O Santos foi melhor nos primeiros dez minutos do clássico. A partir daí, o Corinthians dominou as ações da etapa inicial. Aos 19 minutos, o lateral Lucas Piton recebeu do atacante Willian e cruzou pela esquerda. A bola atravessou parte da área e o meia Gustavo Mantuan apareceu para concluir de primeira e abrir o placar.

Aos 27, Willian lançou Fagner pela direita. O lateral achou o volante Du Queiroz, que finalizou no meio da área. O chute desviou no meia Giuliano e foi para as redes do goleiro João Paulo. Amplamente superior, o Timão fez o terceiro aos 42 minutos, com o zagueiro Raul Gustavo, de cabeça, após escanteio batido por Willian.

No segundo tempo, o Corinthians diminuiu o ritmo, mas continuou mais perigoso. Aos 11 minutos, o árbitro Marcelo de Lima Henrique deu pênalti do zagueiro Kayky em Róger Guedes, mas voltou atrás ao revisar o lance e perceber a simulação do atacante. O mesmo VAR, porém, recomendou a expulsão de Vinícius Zanocelo cinco minutos depois, após disputa com Lucas Piton. Após analisar a jogada no vídeo, o árbitro entendeu que o volante acertou uma cotovelada no lateral e deu cartão vermelho ao santista.

Leia Também:  Coluna - Brasileirão está mais difícil do que nunca

Com um a menos, o Peixe se lançou ao ataque para diminuir o prejuízo, sem grandes riscos para o Corinthians. O Timão, por sua vez, ainda conseguiu aumentar a fatura com Giuliano. Aos 31 minutos, o meia ficou com a sobra de um escanteio e concluiu próximo à marca do pênalti, livre de marcação, definindo o marcador na Neo Química Arena.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Liga das Nações: seleção feminina bate China em abertura da 3ª etapa

Publicados

em

A seleção brasileira feminina de vôlei ficou perto da classificação para a disputa do título inédito da Liga das Nações, após derrotar a China por 3 sets a 2 (parciais de (25/20, 25/23, 18/25, 21/25 e 15/11), nesta terça-feira (28), na partida de abertura da terceira etapa da competição em Sofia (Bulgária).  O próximo compromisso da equipe brasileira, terceira colocada (20 pontos), será contra a Coreia do Sul (lantena, com oito pontos), às 14h (horário de Brasília) de quinta-feira (30).

As brasileiras, comandadas pelo técnico Zé Roberto Guimarães. Controlaram a partida no início, e chegar a abrir 2 sets a 0 de vantagem.  Mas a partir da terceira parcial, o Brasil errou muito e as chinesas aproveitaram e empataram o duelo. No tie-break, as brasileiras fizeram valer sua superioridade em quadra e selaram a vitória.

Leia Também:  Flamengo aplica 3 a 0 no América-MG no Brasileirão, sem passar sustos

Principal destaque da partida foi a ponteira Gabi, capitã da seleção, que anotou 27 pontos (24 deles no ataque, dois de bloqueio e um de saque). Quem também brilhou foi a oposta Kisy que somou 24 (22 pontos de ataque e dois de bloqueio). O resultado deixou Zér Roberto confiante para selar a vaga já no “Foi uma vitória importante para essa nova geração, um jogo difícil como sempre são as partidas entre Brasil e China. Abrimos dois a zero e depois paramos de ter eficiência no saque e na defesa. O importante foi a nossa recuperação no quinto set. Continuamos a nossa trajetória e vamos pensar na partida contra a Coréia do Sul”, disse o técnico, em depoimento à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

O triunfo de hoje (28) foi o quinto seguido do Brasil, terceiro colocado na classificação geral, com 20 pontos, atrás apenas das líderes japonesas (23) e das norte-americanas (21), em segundo lugar. A Liga das Nações reúne 16 seleções e apena as oito melhores seguem para a fase de decisão do título. A equipe comandada pelo técnico Zé Roberto soma até agora sete vitórias e apenas uma derrota.

Leia Também:  Brasil vence Bulgária e encerra etapa da Liga das Nações em 6º lugar

Terceira etapa – Liga das Nações

30/06 (quinta-feira) – Brasil x Coréia do Sul, às 14h 

01/07 (sexta-feira)  – Brasil x Bulgária, às 14h

02/07 (sábado) – Brasil x Tailândia, às 10h30  

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA