CUIABÁ

"QUERO MAIS!"

Mendes pede US$ 40 milhões emprestado

Publicado em

Conversa de Bastidor

Reprodução

O governo de Mato Grosso quer emprestar US$ 40 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) ainda neste ano.

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui no Grupo 1 e no Grupo 2! Participe também do Grupo de Discussão

A justificativa? “O dinheiro ajudaria na modernização e desenvolvimento da gestão fiscal e na implantação de um programa chamado Pró-gestão, para promoção de melhoria na gestão pública”.

Pela cotação do dólar, o Estado deve adquirir uma dívida mínima R$ 200 milhões para os próximos anos. Mas, nos últimos dois anos (2020 e 2021), o governo anunciou fechamento de orçamento com superávit de R$ 4 bilhões, na soma das contas.

Em outubro de 2021, Mendes deu uma entrevista no qual disse que “quem olhar para trás e lembrar da situação de Mato Grosso há pouco menos de três anos pode, hoje, considerar que vive em outro Estado”, fazendo referência a como seu governo tinha sanado os problemas financeiros de MT.

Leia Também:  ASSISTA: Celso Bala entrega óleo ungido para Bolsonaro

“Quase três anos após o início da sua gestão, o governador Mauro Mendes (DEM) comanda uma máquina ‘azeitada’, mais leve e com investimentos pesados nas áreas estratégicas”, dizia a reportagem.

Programa agressivo de investimentos, com o anúncio “histórico” de cortes de impostos da ordem de R$ 1,2 bilhão, nas áreas de combustíveis, energia e transportes, entre outros davam a entender que MT era um estado que não precisava pedir dinheiro emprestado.

“Hoje, os números já mostram um Estado equilibrado, que há quase dois anos paga os salários em dia, paga fornecedores em dia, honra seus compromissos e realiza o maior programa de investimentos de sua história – e um dos maiores do Brasil”, disse Mendes, se gabando dos seus feitos.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Conversa de Bastidor

ASSISTA: Celso Bala entrega óleo ungido para Bolsonaro

Publicados

em

Foto: Reprodução / Redes sociais

O pecuarista mato-grossense, Celso Gomes dos Santos, conhecido como “Celso Bala”, entregou ao presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL), um óleo ungido comprado em Jerusálem por sua irmã. ASSISTA O VÍDEO!

– NOTÍCIAS EM TEMPO REAL: participe do grupo do MT Notícias no WhatsApp e acompanhe tudo em primeira mão. Inscreva-se aqui no Grupo 1 e no Grupo 2! Participe também do Grupo de Discussão

Celso viajou até Brasília na última semana para participar de um encontro com o presidente que reuniu mais de 100 empresários do agronegócio.

Enquanto entregava o presente, o conservador “profetizou” a vitória de Bolsonaro que teria sido instituído por Deus “para governar por oito anos e não quatro”.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ex-secretário teria ligação com tráfico desde que era prefeito
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA