CUIABÁ

AGRONEGÓCIO

Sistema Famasul participa de entrega de títulos no Assentamento Itamarati

Publicado em

AGRONEGÓCIO


O presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni, participou, nesta terça-feira (29), da entrega de mais de 2,6 mil títulos definitivos de terra para produtores rurais do Assentamento Itamarati, em Ponta Porã (MS). A cerimônia aconteceu com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e da ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Bertoni, nomeado presidente da Comissão Nacional de Assuntos Fundiários da CNA, destacou a importância da entrega definitiva das titulações. “É um dia muito feliz para essas famílias de Mato Grosso do Sul, que agora estão com títulos, regularizados, e que terão ainda mais dignidade e qualidade de vida, contribuindo com a produção de nosso estado”, disse.

“Estamos entregando títulos a pessoas que, há mais de 20 anos, aguardavam por este pedaço de papel … papel que representa muito mais: uma carta de autonomia e validação sobre sua terra, que passa a valer mais, em valores e, principalmente, dignidade a estas famílias”, ressaltou Jair Bolsonaro, em seu discurso. 

A ministra afirmou que a data é histórica e emocionante. “Houve uma transformação das famílias rurais de nosso país. Essa entrega marca uma conquista importante para cada família e para a reforma agrária brasileira”, reforçou, em tom de despedida, na entrega do cargo do Mapa. 

Leia Também:  Fungicida carbendazim é proibido pela Anvisa

A comitiva presidencial foi composta pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, secretária de Coordenação e Governança do Patrimônio da SPU, Fabiana Rodopoulos, presidente do Incra, Geraldo Melo Filho, presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro. 

No evento, também foi anunciada a concessão de 8,1 mil documentos de titulação – entre provisórios e definitivos – em 164 áreas de reforma agrária de 51 cidades sul-mato-grossenses. O total chega a 12,2 mil títulos nos últimos 3 anos para MS.

Também participaram da agenda os secretários Eduardo Riedel (Seinfra), Jaime Verruck (Semagro); superintendente da SFA em mS, Celso Martins, o diretor-tesoureiro do Sistema Famasul, Frederico Stella, diretor-secretário Claudio Mendonça, superintendente do Senar MS, Lucas Galvan, o presidente da Aprosoja MS, André Dobashi, prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo, e os deputados federais Luiz Ovando e Loester Trutis.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

AGRONEGÓCIO

Inicia neste mês em São Paulo primeira colheita de abóbora cabotiá sob nova regra de exportação para Argentina

Publicados

em

Começa neste mês, na região de Presidente Prudente, em São Paulo, a colheita da abóbora cabotiá que será exportada para a Argentina, pela nova regra firmada entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o país vizinho. 

A nova medida implica na alteração do processo de certificação dos produtos que agora passa a ser executado nas áreas de fronteira, onde atua a Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro). Anteriormente, essas abóboras e outras cucurbitáceas (melão, pepino, melancia e etc) eram certificadas na propriedade rural durante a colheita. 

A alteração da regra está no plano de trabalho para exportação para a Argentina de cucurbitáceas produzidas no Brasil sob o Sistema de Mitigação de Risco (SMR) da mosca-sul-americana-das-cucurbitáceas, visto que no país vizinho essa mosca tem um status de importância quarentenária (praga, sem controle, que pode causar impactos econômicos significativos na produção). Com a medida, levantamentos fitossanitários devem ser feitos com uso de armadilhas que atraem os insetos.

Para que esses produtos possam entrar na Argentina, os serviços de defesa agropecuária responsáveis por alguns municípios de São Paulo, da Bahia, de Goiás, Minas Gerais, do Paraná e do Rio Grande do Sul devem alterar seus procedimentos operacionais e as medidas fitossanitárias com base no plano de trabalho. 

Leia Também:  Assentamento na Bahia é destaque na produção de abacaxi

Fonte: AgroPlus

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA